quarta-feira, 27 de julho de 2011


Até onde vai a minha importância para essas pessoas?
Elas falam tanto, cobram tanto...
E pensar pelo lado fraternal, nunca!
Qualquer pessoas tem mais importância, precisa de mais atenção, de mais condições, mais tudo do que eu!
Por que eu nasci?
Por que me quiseram?
Gostaria de ter outra vida, ter por perto pessoas que me vissem não como alguém que sempre se vira sozinha, mas sim como um ser humano que sente, que chora, que precisa de alguém, que precisa de carinho e que quer atenção.
Será que eu fiz tudo tão errado para não merecer nada daqueles que eram pra ser as pessoas mais importantes da minha vida?
Eu sei que tenho culpa, alguma culpa em tudo isso, mas acho que mesmo assim não mereço todo esse castigo.
Alguém algum dia vai saber disso?
Não, acho que ninguém vai se importar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário